Ministério da Educação avalia status da implementação do Novo Ensino Médio

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O Governo Federal, por meio do Ministério da Educação (MEC), promoveu o Webinário Nacional de Monitoramento do Novo Ensino Médio. Na ocasião, foi lançando o Painel de Monitoramento do Novo Ensino Médio, que apresenta os principais dados e o status de implementação da nova modalidade de ensino em todo o Brasil.

O evento, que aconteceu durante os dias 16 e 17 de dezembro, contou com a participação de gestores escolares e equipes técnicas das Secretarias de Educação que compartilharam práticas exitosas na implementação do Novo Ensino Médio (NEM). Também participaram os representantes das secretarias do MEC, representantes do CNE,Consed, Foncede e Banco Mundial.

O secretário de Educação Básica, Mauro Rabelo, citou diversas ações e programas que estão em andamento para a implementação do NEM, fazendo um resumo das ações realizadas em 2021, como a publicação do cronograma nacional para implementação do NEM, criação do GT para construção das orientações para as matrizes do Enem e Encceja alinhadas ao NEM.

Durante o evento, também foi destacado o lançamento do Programa Itinerários Formativos que destinará 160 milhões para aproximadamente 13 mil escolas de ensino médio das redes estaduais e do DF e a proposta para educação híbrida com o desenvolvimento da Rede de Inovação à Aprendizagem Híbrida.

Durante o primeiro dia de Webinário, foram realizadas três mesas que debateram os seguintes temas: Marcos do Novo Ensino Médio e status da implementação/ Lançamento do Painel de Monitoramento do Novo Ensino Médio; Práticas e experiências das escolas-piloto; e Diretrizes do Novo Ensino Médio/Exames e Avaliações Externas.

No segundo dia de evento, foram realizadas mesas que discutiram a respeito de Itinerários Formativos, Formação Técnica e Profissional; Projeto de Vida; Avaliação no Novo Ensino Médio e Aprendizagem Híbrida.

O encontro está disponível no canal do MEC no YouTube. Acesse: https://www.youtube.com/user/ministeriodaeducacao.