Em julho, GfK aponta crescimento de 26,1% no faturamento do varejo de livros no Brasil

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Na semana passada, a Nielsen e o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) divulgaram os resultados do Painel do Varejo de Livros no Brasil registrando crescimento de 26,1% no faturamento com a venda de livros em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento no país. O resultado positivo foi creditado ao aquecimento das vendas no Dia dos Pais, celebrado em 2021, no dia 8 de agosto. Agora, a GfK e a Associação Nacional de Livrarias (ANL) tornaram público o seu relatório mensal que acompanha o desempenho do varejo nacional de livros. Pela contagem da GfK, entre os dias 05 de julho e 08 de agosto, pegando, portanto o Dia dos Pais, foram vendidos 6,6 milhões de exemplares, crescimento de 47% em relação ao mesmo período de 2020, quando o instituto de pesquisa registrou a venda de 4,5 milhões de cópias. Em faturamento, o crescimento é de 48%, chegando a R$ 266 milhões contra R$ 180 milhões apurados em 2020. A análise completa do relatório pode ser lida na matéria que está no PublishNews+, a área exclusiva para assinantes do PN. Os artigos estão disponíveis gratuitamente na plataforma e para acessá-los é preciso fazer um cadastro prévio clicando aqui. Com o cadastro feito e logado na plataforma, você poderá ler o artigo clicando aqui.