Ação voluntária promove valorização e cuidado a professores da rede pública

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A pandemia do coronavírus transformou o mundo e a maneira como interagimos com o próximo e consumimos serviços essenciais, como a educação. As aulas deixaram o ambiente físico e foram parar no virtual. Uma fase de adaptação para pais, estudantes e professores – que não tem sido fácil. A pressão sofrida pelos profissionais da educação, por exemplo, aumentou muito por conta dos desafios impostos com o ensino remoto – falta de estrutura educacional, conhecimento das ferramentas digitais e sobrecarga na rotina escolar são alguns deles.

Pesquisa realizada com 9.557 professores pela revista “Nova Escola” aponta que 72% tiveram a saúde mental afetada por conta dessa situação e lidam com sentimentos como frustração, ansiedade e tristeza – e, por isso, precisaram buscar ajuda de profissionais da saúde.

Foi pensando nesse quadro que o Comitê Mineiro de Voluntariado Corporativo (CMVC), em parceria com mais de dez empresas, vai realizar, no próximo dia 29, o “Cuide de quem inspira”, evento online e gratuito com foco nos professores da rede pública de ensino de todo o Brasil. Será um dia inteiro de palestras, voltadas para acolher e cuidar desses profissionais e exaltar a importância deles para a sociedade.

As atividades serão ministradas por voluntários das empresas participantes e terão os seguintes temas: inteligência emocional; propósito de vida; autoconhecimento, autocuidado e autoaceitação; técnicas de respiração e meditação; metodologias ativas: suporte para o modelo híbrido de ensino; redes sociais; imagem pessoal e etiqueta digital; alimentação em foco; disciplina positiva.

“Esse evento é muito especial porque ele traz exatamente um cuidado com o professor, que mostra como trazer um ambiente de bem-estar, colaboração, para que os professores se sintam bem e à vontade para que possam educar. Porque, se a gente não cuidar da nossa própria formação e da nossa própria atualização, fica muito difícil de a gente levar algo novo para o público estudantil”, afirma o educador audiovisual Igor Amin, responsável pela plataforma Escola na Tela – iniciativa do Instituto Mundos patrocinada pelo Grupo Sada, que também apoia o CMVC – e um dos voluntários que vão palestrar no “Cuide de quem inspira”.

Uso das telas na educação

A palestra de Igor Amin, inclusive, terá como tema o ensino no ambiente virtual. “Eu desenvolvo o trabalho de formação dos professores com a perspectiva de criar um mundo das telas amigável. Como a gente pode educar, ensinar e aprender com crianças e jovens, de uma forma amigável através do uso das tecnologias”, explica. O educador conta que o objetivo da palestra é mostrar que é possível “utilizar as tecnologias a nosso favor”.

Para Amin, durante a pandemia, as aulas online e o uso das telas se tornaram algo exaustivo para os profissionais da educação, principalmente porque os professores não tinham nenhuma preparação e ficaram sem saber o que fazer nesse contexto. “Não há uma orientação. O que foi feito para chegarmos a esse momento, com os laboratórios de informática e todas as possibilidades que a gente tinha? Por que os professores não foram capacitados antes, para que, quando chegasse um momento como esse da pandemia, pudessem usar a tecnologia? Falta de acesso, falta de formação”, avalia o educador.

“Não basta oferecer a tecnologia se não capacitar os professores e mostrar que é possível utilizá-las”, completa ele, que vê como um passo importante a adoção do sistema híbrido na educação. “Tem um clima positivo, de a gente poder voltar para o território da escola e começar a entender de lá, e não na sala das nossas casas, como podemos reinventar a educação. A pandemia também se tornou uma oportunidade de a gente reinventar a escola”, frisa Igor Amin.

Alimentação também é foco

O “Cuide de quem inspira” também vai abordar a questão da alimentação com os professores participantes do evento. O tema será apresentado em uma das salas que contará com a presença de voluntários da Cargill, empresa do ramo de alimentos. “Vamos falar sobre o trabalho de voluntariado (que inclui ações de combate à insegurança alimentar e nutricional) que a gente faz, dar alguns conceitos e jogos e atividades online com os professores que estiverem ali participando”, diz Cesar Neres, gestor responsável pelo voluntariado corporativo da Fundação Cargill, que atua como elo entre a empresa e suas ações socioambientais e comunitárias e também apoia o CMVC.

A atividade contará com a presença de funcionários da Cargill, voluntários do projeto, dos Estados de São Paulo, Maranhão e Goiás. “É uma forma bem inteligente que o CMVC bolou para fazer o voluntário atuar, mesmo que seja online”, pontua o gestor.

Para Neres, o evento é uma maneira de retribuir um pouco aos professores, que já eram muito demandados – situação que aumentou com a pandemia. “A minha esperança é que, de agora em diante, esses profissionais sejam mais reconhecidos. Até então o professor era uma figura necessária, porém pouco reconhecida”, comenta o gestor. “Espero que as pessoas entendam a importância do professor na vida, na formação de todos nós”, afirma.

Inscrições

As inscrições para participar do “Cuide de quem inspira” são gratuitas e podem ser feitas pela internet (clique aqui). O evento acontecerá no dia 29 de outubro. A programação, que será totalmente online, começará às 9h e vai se estender por todo o dia.

Abertura

A abertura do “Cuide de quem inspira” contará com a participação dos Caçadores de Bons Exemplos e Devam Bhaskar, diretor do Instituto Alok.