Nova rodada de negociações do PNLD

Durante essa semana, editores estão novamente em romaria à Brasília para fecharem as negociações do PNLD 2016. Pela primeira vez, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) desmembrou as negociações em duas etapas. Em julho, foram negociados os livros para o PNLD 2016 Campo e agora, as negociações são para o PNLD 2016 "tradicional", que vai comprar livros didáticos para os anos iniciais do Ensino Fundamental de escolas urbanas.

Por meio de comunicado aos acionistas, Saraiva e Somos Educação anunciaram os seus resultados nessa negociação. Os números são relativos ao volume. As negociações de preço seguem em Brasília até o fim da semana.

A Saraiva totalizou 8,5 milhões de exemplares vendidos para novas escolhas. Além disso, vendeu outros 6,8 milhões de livros a título de reposição de compras feitas em anos anteriores para alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio. Já a Somos (antiga Abril Educação) apresentou os resultados da Ática e Scipione, que juntas venderam 13,4 milhões de livros didáticos para novas escolhas e outros 11,5 milhões de exemplares de reposição. Mais adiantada nas suas negociações, a Somos informou que as compras de reposição totalizaram um faturamento de R$ 102,8 milhões.

banner escola democratica

relatorio 2014 2015 banner2

banner bienal2014 pequeno

premio educadores2015

b trajetoria



Pesquisa

Boletim Abrelivros

Digite os dados, abra o e-mail e confirme sua assinatura.

Abrelivros.org.br - Associação Brasileira de Editores de Livros Escolares
Rua Funchal, 263 - Conj. 62 - Vila Olímpia
CEP 04551-060 - São Paulo - SP - E-mail: contato@abrelivros.org.br