Encontros vão definir custos de 130 milhões de exemplares de livros didáticos.

Estudantes da educação básica pública de todo o país receberão, no próximo ano, 130 milhões de exemplares de livros didáticos. Os valores de aquisição das obras serão negociados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) em uma série de reuniões com representantes de 20 grupos editoriais a partir desta segunda-feira, 9, até o dia 18 próximo, em Brasília.



Proposta inicial de preços foi encaminhada a cada uma das editoras que tiveram livros escolhidos pelas escolas este ano. “Agora, é o momento de ouvir as contrapropostas das empresas”, afirmou o diretor de ações educacionais do FNDE, Rafael Torino. Segundo ele, em caso de impasse na negociação, será convocada a editora detentora dos direitos autorais do livro indicado como segunda opção pelas unidades de ensino.


Para 2011, os alunos do sexto ao nono ano do ensino fundamental ganharão livros de português, matemática, história, geografia, ciências e língua estrangeira (inglês ou espanhol). Também receberão títulos de complementação e reposição os estudantes das séries iniciais do ensino fundamental e do ensino médio.

 

 

 

2019.06_casaeducacao.jpg





banner escola democratica

relatorio 2014 2015 banner2

banner bienal2014 pequeno

b trajetoria



Pesquisa

Boletim Abrelivros

Digite os dados, abra o e-mail e confirme sua assinatura.

Abrelivros - Associação Brasileira de Editores e Produtores de Conteúdo e Tecnologia Educacional 
Rua Funchal, 263 - Conj. 62 - Vila Olímpia
CEP 04551-060 - São Paulo - SP - E-mail: contato@abrelivros.org.br

Midiamix Editora Digital desenvolveu esta publicação com Joomla