Crianças aprenderão sobre plantas e vida animal no ensino básico

Alunos do primeiro e segundo anos do ensino fundamental de nove anos de escolas públicas passarão a receber obras pedagógicas complementares aos livros didáticos, nas áreas de ciências da natureza e matemática, ciências humanas e linguagens e códigos. As obras vão compor os acervos a serem distribuídos pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) de 2010. “O objetivo é aprofundar as práticas de letramento e, também, o conhecimento das crianças”, explica a diretora de políticas de formação, materiais didáticos e de tecnologias da Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC), Jeanete Beauchamp. 
 
Segundo Jeanete, a implantação do ensino fundamental de nove anos – e a entrada das crianças de seis anos nessa etapa – demandou uma reorganização do PNLD. Com isso, além dos livros didáticos e dos livros de ficção, enviados pelo Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE), as escolas receberão material complementar que vai auxiliar no processo de alfabetização e letramento. 
 
As obras deverão abordar conteúdos curriculares de forma lúdica, para despertar o interesse e curiosidade dos alunos em cada uma das áreas, usar linguagem verbal e recursos gráficos adequados a alunos em fase inicial do processo de alfabetização e estar em uma das três modalidades: livro-texto ilustrado, livro de imagens (com ou sem legendas) ou livro “de palavras” (que explore o vocabulário pertinente a alunos com essa escolaridade). 
 
O prazo para as editoras e os autores que fizeram a pré-inscrição enviarem as obras complementares e a documentação foi prorrogado. O período passou a ser de 14 a 18 de julho. Já os que pretendem efetuar a pré-inscrição de livros didáticos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental no PNLD 2010 têm até esta quarta-feira, 14. O formulário de cadastro está disponível na página eletrônica do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), onde também se encontram o edital e suas alterações.  
 
Para que as obras do PNLD cheguem às escolas da rede pública em 2010, o processo inicia-se agora, com a inscrição, avaliação e seleção dos títulos. No ano que vem, professores e diretores farão a escolha dos livros didáticos que serão utilizados na escola, de acordo com o projeto pedagógico de cada instituição. Só depois disso o FNDE negociará a compra com as editoras e, após a produção, será distribuído o material didático a todas as escolas públicas de 1º ao 5º ano do país.  
 
Constarão no Guia de Livros Didáticos as resenhas dos livros e das coleções destinadas aos anos iniciais do ensino fundamental, os princípios e critérios que nortearam a avaliação pedagógica e os modelos das fichas de análise. O Guia será encaminhado às escolas públicas do ensino fundamental e ficará disponível na internet, com o objetivo de auxiliar os professores na escolha das obras didáticas, que serão utilizadas no período a ser estabelecido por Resolução do Conselho Deliberativo do FNDE. 
 

 

2019.06_casaeducacao.jpg





banner escola democratica

relatorio 2014 2015 banner2

banner bienal2014 pequeno

b trajetoria



Pesquisa

Boletim Abrelivros

Digite os dados, abra o e-mail e confirme sua assinatura.

Abrelivros - Associação Brasileira de Editores e Produtores de Conteúdo e Tecnologia Educacional 
Rua Funchal, 263 - Conj. 62 - Vila Olímpia
CEP 04551-060 - São Paulo - SP - E-mail: contato@abrelivros.org.br

Midiamix Editora Digital desenvolveu esta publicação com Joomla