Somos passa a se chamar Vasta

Na tarde desta segunda-feira (07), a Kroton – gigante de educação cujo valor de mercado é de R$ 18,2 bilhões e dono da Somos Educação – reuniu investidores e acionistas para anunciar uma mudança no seu nome. A holding passa a se chamar Cogna Educação e a mudança não é só no seu nome. Toda a sua estrutura foi repensada e foram criadas quatro companhias que atuarão de forma independente. Em comunicado à imprensa, a empresa diz que o objetivo é “desenvolver novas oportunidades tanto para o segmento B2B como para o B2C, nos mercados de Ensino Superior e de Educação Básica, que vivem momentos de maturidade diferentes, com desafios e oportunidades distintos e que requerem uma abordagem específica”.

“O setor educacional é um segmento de aproximadamente R$ 170 bilhões e nossa companhia, mesmo sendo líder, tem um faturamento de R$ 7 bilhões. Entendemos, portanto, que temos um potencial de crescimento gigantesco a ser explorado em todas as nossas áreas de atuação, além de acreditarmos que podemos contribuir muito mais levando educação de qualidade às pessoas e ajudando os nossos estudantes a escreverem suas próprias histórias. Contribuir com o desenvolvimento das pessoas e do país faz parte do nosso DNA e esse novo caminho que estamos trilhando possibilitará gerarmos um impacto ainda maior”, explica o executivo Rodrigo Galindo, CEO da holding

Para atender o segmento de Educação Básica, mercado em que a companhia passou a atuar mais fortemente no último ano após a aquisição da Somos Educação, também haverá duas empresas: Saber (B2C) e Vasta Educação (B2B). A segunda será dirigida pelo diretor presidente Mario Ghio, terá como foco o mercado B2B e abrigará a marca Somos (e os seus selos editoriais: Ática, Saraiva e Scipione) sob o seu guarda-chuva. Além dos livros, a Vasta abriga dois serviços complementares: uma plataforma de conteúdos e serviços de tecnologia para a educação e uma outra que oferece serviços digitais que apoiam o processo de gestão da escola. Com a Vasta Educação, a nova holding espera aumentar a sua fatia na Educação Básica, segmento estimado em R$ 28,6 bilhões.

A marca Kroton continua valendo para o mercado de Ensino Superior, centralizando toda a atuação do grupo junto ao segmento B2C. Surgiu uma nova marca, a Platos, que atenderá o mercado de Ensino Superior B2B, provendo serviços para outras instituições de Ensino Superior.

 

2019.06_casaeducacao.jpg





banner escola democratica

relatorio 2014 2015 banner2

banner bienal2014 pequeno

b trajetoria



Pesquisa

Boletim Abrelivros

Digite os dados, abra o e-mail e confirme sua assinatura.

Abrelivros - Associação Brasileira de Editores e Produtores de Conteúdo e Tecnologia Educacional 
Rua Funchal, 263 - Conj. 62 - Vila Olímpia
CEP 04551-060 - São Paulo - SP - E-mail: contato@abrelivros.org.br

Midiamix Editora Digital desenvolveu esta publicação com Joomla