Obama: Investimento em educação é decisivo para país ser bem-sucedido

Para o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, o investimento em educação, sobretudo na primeira infância, quando o cérebro da criança funciona como uma "esponja" e absorve todo tipo de estímulo, é fator determinante para que os países sejam bem-sucedidos ou não na economia.

Obama falou durante o Fórum Cidadão Global - evento organizado pelo Valor com o Banco Santander/AAdvantage - onde foi entrevistado por Frederic Kachar, diretor executivo da Divisão de Publicação do Grupo Globo, do qual o Valor faz parte.

Segundo ele, mesmo se não for rico em recursos naturais, um país pode ter uma economia avançada se garantir educação de qualidade que alcance a todas as crianças de maneira igualitária.

"Veja Cingapura: é um país pequeno, não tem nada lá, mas seu povo é extraordinariamente bem educado e o país está indo muito bem. Mas tem muitos países grandes e com muitos recursos naturais - não vou dizer que países são esses - que estão em outra direção", afirmou Obama.

O líder americano sugeriu que países serão bem-sucedidos se estabelecerem um sistema educacional universal e adaptado às inovações tecnológicas.

Obama enfatizou a importância de investimentos em educação na infância. "Numa favela pobre do Brasil, se você consegue dar um pequeno conhecimento para uma criança de 1 ano, 2 anos, isso significa que ela vai ser dar bem [ao longo de sua vida educacional]. É importante aproveitar os anos inciais, quando o cérebro da criança é uma esponja", disse Obama. Uma criança de 5 anos que não teve educação de qualidade, por exemplo, já perdeu muito nessa idade, segundo o ex-presidente, porque não teve a oportunidade de desenvolver seu potencial na idade adequada, e terá mais dificuldades no futuro.

Obama destacou também que investimentos em educação não podem privilegiar pessoas conforme gênero ou raça, e foi aplaudido pela plateia ao dizer que um país que não educa mulheres e meninas no mesmo ritmo que os homens não se desenvolverão. Obama fez uma analogia futebolística, ao dizer que, assim como acontece nos times, é preciso treinar todos os jogadores para que se conquiste a Copa do Mundo.

"Um país não será bem-sucedido se treinar bem apenas metade do seu time. Um país que não educa suas meninas e mulheres no mesmo ritmo que homens, porque estará deixando metade para trás, estará desperdiçando talento", afirmou Obama.

Obama também respondeu perguntas sobre como melhorar a política mundial e ofereceu uma simples receita para o assunto.

"Políticos e governos são reflexos de nós. Se uma sociedade é saudável, a política também será. O importante é pensar como deixamos pessoas envolvidas na política nos bairros, locais de trabalho antes de governo atuar. Claro que o governo é importante em áreas como educação e esforços para reduzir a pobreza, mas nada vai mudar se na comunidade local pessoas não se encontrarem, construírem confiança e aprenderem a trabalhar juntas. Isso vai ser refletido em como será a política ao longo do tempo", completou Obama, destacando ainda que empresas têm também importante papel em engajar a população na cidadania.

 

banner escola democratica

relatorio 2014 2015 banner2

banner bienal2014 pequeno

premio educadores2015

b trajetoria



Pesquisa

Boletim Abrelivros

Digite os dados, abra o e-mail e confirme sua assinatura.

Abrelivros.org.br - Associação Brasileira de Editores de Livros Escolares
Rua Funchal, 263 - Conj. 62 - Vila Olímpia
CEP 04551-060 - São Paulo - SP - E-mail: contato@abrelivros.org.br