Em reunião com dirigentes do FNDE, ministro Milton Ribeiro trata de projetos para a educação

Em reunião nesta segunda-feira, 14 de setembro, na sede do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o presidente da autarquia, Marcelo Ponte, juntamente com os diretores da casa, recebeu o ministro da Educação, Milton Ribeiro, para discutir propostas e alinhar estratégias para o aprimoramento da gestão da educação. Na pauta, estiveram temas como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), as políticas de transporte e alimentação escolar, obras de infraestrutura escolar e outros relacionados à atuação do FNDE.

O ministro reforçou a importância da autarquia na aproximação com os gestores da educação nos estados e municípios, destacando as iniciativas já implementadas pelo FNDE para capacitar os técnicos e demais profissionais que atuam na área educacional em cada região do país.

O presidente Marcelo Ponte citou estratégias como a do webinar, seminário virtual voltado para gestores, secretários de educação, técnicos de prefeituras, diretores de escolas e demais profissionais que queiram se aperfeiçoar nos programas do FNDE. Ao citar dados do último evento, que reuniu mais de 2.600 participantes para debater sobre obras escolares, Ponte informou que as diretorias já estão trabalhando em outros temas para atender às demandas da comunidade escolar.

Da educação básica ao ensino superior - Os seis diretores do FNDE falaram sobre os desafios na gestão dos principais programas, que perpassam todas as etapas de ensino, e apresentaram para o ministro detalhes de projetos como os do programa Caminho da Escola, que disponibiliza atas de registro de preços para aquisição de ônibus escolares por parte dos estados e municípios. Somente nos últimos três meses, o FNDE registrou a entrega de mais de mil ônibus.

Também foram discutidas especificidades do Fies; do Fundeb, que aguarda definição de regras para a operacionalização do novo modelo; e da alimentação escolar, que neste ano já repassou mais de R$ 3 bilhões para atendimento de mais de 40 milhões de estudantes da rede pública, mesmo no período da pandemia.

O ministro ainda recebeu um exemplar de livro em braille e tinta, que atende a estudantes cegos ou com baixa visão por meio do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD). O material foi distribuído pela primeira vez em 2019 para escolas públicas de todo o Brasil.

 

2019.06_casaeducacao.jpg





banner escola democratica

relatorio 2014 2015 banner2

banner bienal2014 pequeno

b trajetoria



Pesquisa

Boletim Abrelivros

Digite os dados, abra o e-mail e confirme sua assinatura.

Abrelivros - Associação Brasileira de Editores e Produtores de Conteúdo e Tecnologia Educacional 
Rua Funchal, 263 - Conj. 62 - Vila Olímpia
CEP 04551-060 - São Paulo - SP - E-mail: contato@abrelivros.org.br

Midiamix Editora Digital desenvolveu esta publicação com Joomla